Quinta, 26 de Maio de 2022 05:36
(94) 992310757
Polícia NA RUA DE BOA

Foragido de Água Azul do Norte é preso em Rio Maria

"Tota" é acusado de ter assassinado com um tiro de arma de fogo o adolescente Kaike Castro de 15 anos, após uma discussão com pai do jovem

29/03/2022 15h32 Atualizada há 2 meses
784
Por: Gesiel Teixeira Fonte: Dinho Santos
Aristóteles , o
Aristóteles , o "Tota" foi preso na manhã desta terça-feira (29), quando caminhava por uma rua do Setor Jardim Maringá | Divulgação

O crime aconteceu no início de janeiro de 2022. Um homem sacou a arma para atirar em um homem, mas acabou atingindo o filho deste de apenas 15 anos de idade. Agora passados 86 dias após o ocorrido, a Polícia prendeu o acusado de cometer tal ato.

Uma ação da Polícia Civil da cidade de Rio Maria, no sul do Pará, prendeu um homem acusado de ter cometido um assassinato na área rural do município de Água Azul do Norte. 

O suspeito de prenome Aristóteles conhecido pela alcunha de "Tota" foi preso na manhã desta terça-feira (29), quando caminhava por uma rua do Setor Jardim Maringá, na cidade de Rio Maria, município que faz limite com o município de Água Azul do Norte, onde ocorreu o assassinato. 

"Tota" é acusado de ter assassinado com um tiro de arma de fogo o adolescente Kaike Castro de 15 anos, após uma discussão com pai do jovem. O crime ocorreu no dia 2 de janeiro de 2022 na Vila Paraguaçu, localizada na área rural do município de Água Azul. 

Após assassinar o adolescente, o acusado fugiu da localidade e passou a ser procurado pela polícia. 

Na manhã desta terça-feira (29), familiares do adolescente assassinado reconheceram o assassino andando de forma tranquila pelas ruas da cidade de Rio Maria, como se não houvesse nenhuma acusação contra ele na Justiça e como se não devesse nada para ninguém.

Ele foi seguido e localizada em uma residência situada na Avenida 16, no Setor Jardim Maringá. 

Uma equipe de investigadores da Delegacia de  Polícia Civil de Rio Maria foi até o local infirmado e prendeu o acusado que foi conduzido para a delegacia onde aguarda a decisão da Justiça. (Dinho Santos)

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.