Quinta, 26 de Maio de 2022 05:56
(94) 992310757
Economia ATIVOS E INATIVOS

Helder sanciona lei de reajuste de 10,5% a servidores

No total, 150 mil servidores estaduais serão contemplados com o aumento salarial em 10,5%.

28/03/2022 11h54 Atualizada há 2 meses
229
Por: Gesiel Teixeira Fonte: Agência Pará
Helder sanciona leis do reajuste para servidores e do piso do magistério. | Marco Santos - Agência Pará
Helder sanciona leis do reajuste para servidores e do piso do magistério. | Marco Santos - Agência Pará

O Governador do Pará, Helder Barbalho, anunciou no início do mês de março deste ano, o aumento de 10,5% aos servidores públicos do estado. Na semana passada, de forma unânime, o Projeto de Lei proposto pelo governador, foi recebido com total aceitação na Assembleia Legislativa do Pará.

Agora, Helder Barbalho (MDB) irá sancionar nesta segunda-feira (28), a Lei de reajuste salarial de 10,5% para os servidores públicos ativos e inativos, juntamente com a secretária de Planejamento e Administração, Hana Ghassan, no Teatro Margarida Schivasappa, em Belém.

No total, 150 mil servidores públicos ativos e inativos serão contemplados com o reajuste. Com este aumento, o vale alimentação vai a R$ 1 mil. A medida só foi possível em razão do equilíbrio fiscal alcançado pela atual gestão, além das contas públicas saneadas, o que permite priorizar a valorização do serviço prestado à população, e primeiramente do servidor público.

Também, hoje, o governador irá validar a lei que concede o reajuste de 33,24% referente ao piso do magistério, que será pago para 27.574 professores ativos, 15.877 inativos e 817 pensionistas.

Para o governo do Estado, a cerimônia marca o cumprimento de mais um compromisso da atual gestão para com  a política de valorização do funcionalismo público.

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.