Quinta, 26 de Maio de 2022 04:03
(94) 992310757
Política ELEIÇÕES 2022

Pará emite 6 mil títulos para eleitores jovens

Tribunal Superior Eleitoral faz campanha para atrair eleitores de 16 e 17 anos para que participem do pleito de outubro deste ano

28/03/2022 10h40 Atualizada há 2 meses
163
Por: Gesiel Teixeira Fonte: DOL
 Em termos nacionais, a procura maior foi por pessoas do gênero feminino, com 52 mil solicitações | Wilson Dias/Agência Brasil
Em termos nacionais, a procura maior foi por pessoas do gênero feminino, com 52 mil solicitações | Wilson Dias/Agência Brasil

O Tribunal Superior Eleitoral está realizando uma verdadeira “caça” aos eleitores adolescentes em todo país. Ao constatar que o número de jovens de 16 e 17 anos com título de eleitor emitido até o mês passado – 830 mil - é quase 60% menor que o número de pessoas na mesma faixa etária que votaram em 2018 – 1,4 milhão - o TSE deu início à campanhas para atrair esses eleitores.

A primeira delas, a Semana do Jovem Eleitor, que aconteceu entre os dias 14 e 18 de março deste ano, conseguiu emitir 96.425 novos títulos em todo o Brasil e no exterior para jovens com 15 a 18 anos. No Pará 6.172 jovens participaram da campanha, 6,4% do total de títulos emitidos, e agora estão aptos a votar nas eleições de outubro.

Em termos nacionais, a procura foi maior entre as mulheres: 52.561 pessoas do gênero feminino solicitaram a emissão do título, enquanto 43.864 homens buscaram pelo serviço. Neste período, as faixas etárias que registraram os melhores índices foram as de jovens com 18 e 17 anos, respectivamente.

A distribuição do primeiro título por faixa etária ficou configurada da seguinte forma: 4.387 mil títulos oferecidos a jovens de 15 anos (que completam 16 anos até dia 2 de outubro, data do primeiro turno das Eleições Gerais de 2022); 22.934 mil títulos para adolescentes com 16 anos; 33.582 mil títulos para pessoas com 17 anos; e 35.522 mil títulos para cidadãos com 18 anos.

Os estados mais engajados na campanha foram São Paulo, Minas Gerais e Bahia. Roraima, Rondônia e Amapá foram as unidades da federação com a menor quantidade de pessoas entre 15 e 18 anos que buscaram a Justiça Eleitoral para tirar o primeiro título. Trinta jovens se alistaram para votar no exterior.

Considerando as mais de 6 milhões de pessoas com 16 e 17 anos, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o número de jovens com título de eleitor em 2022, até agora, representa cerca de 13,6% do total de habilitados para obter o documento. Em fevereiro de 2018, o percentual era de 23,3%.

PARÁ

O Pará tem cadastrados e com título de eleitor já emitido 54.873 jovens na faixa etária entre 16 e 17 anos. De 18 a 20, são 323.307. A maior quantidade de eleitores paraenses está concentrada entre 25 a 34 anos, um total de 1.334.932 pessoas. O Pará já tem 5.616.850 de eleitores aptos a votar, com o título na mão. Desse total, 51% são mulheres (2.867.661). Os homens somam 2.749.188, ou 48,9%.

PRAZO

O cadastro eleitoral para novos eleitores prossegue até o dia 4 de maio. O requerimento pode ser feito on-line, no portal do TSE. É necessário enviar ou digitalizar documentos como identidade e comprovante de residência, além de informar um telefone de contato caso o cadastro esteja incompleto.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.