Domingo, 19 de Maio de 2024 17:45
(94) 992310757
Geral NOVAS METAS

Jader Filho anuncia avanços e novidades no programa MCMV

Ministro Jader Filho anuncia avanços no Minha Casa, Minha Vida, com entrega de 28 mil unidades e financiamento de 491 mil em 2023, além de melhorias no programa.

01/05/2024 13h23 Atualizada há 3 semanas
Por: Gesiel Teixeira Fonte: DOL
Jader Filho em entrevista ao jornalista, Roberto D'Avila. | Reprodução
Jader Filho em entrevista ao jornalista, Roberto D'Avila. | Reprodução

Oministro das Cidades, Jader Filho, em entrevista ao jornalista Roberto D’Avila, para o Globo News na última terça-feira (30), afirmou que só no ano de 2023, foram entregues 28 mil unidades de obras do Minha Casa, Minha Vida que estavam paradas desde 2010 em todo o Brasil. “Nós fizemos as modificações no Minha Casa Minha Vida, e essas modificações já começaram a surtir efeitos, [...] A meta dos financiamentos do Minha Casa, Minha Vida era em torno de 375 mil novas unidades, só em 2023 nós financiamos 491 mil”, afirmou o ministro das Cidades.

Na ocasião, o ministro acentuou que umas das iniciativas do programa que ajudaram a surtir efeitos foi saber “ouvir” as pessoas que seriam beneficiadas. “Uma coisa que aprendi na iniciativa privada que é ouvir, entender o que a gente pode melhorar ouvindo as pessoas, então, nós fizemos atualizações do subsídio da ordem de R$ 47.500,00 nós subimos para R$ 55 mil reais”, afirma.

Menor taxa da história

Ainda de acordo com o ministro, a taxa de juros do Minha Casa, Minha Vida, se tornou a menor taxa de juros da história do FGTS. “Nós aumentamos o teto saímos de R$ 270 mil para R$ 350 mil reais, e o mercado absolutamente respondeu”.

Meta

O déficit de habitação hoje gera em torno de 6 milhões de unidades habitacionais no Brasil, como meta, o presidente Lula impôs 2 milhões de unidades habitacionais contratadas até 2026, porém, Jader Filho pretende ultrapassar esses números. “Eu já disse para o presidente que eu vou ultrapassar essa meta de 2 milhões”, brincou.

Compromisso

Durante a entrevista, o ministro aproveitou para tranquilizar empresários em relação aos recursos contratados para o programa, e afirmou que os recursos do Minha Casa, Minha Vida estão todos garantidos. “Os empresários não precisam ter receio, nós vamos pagar em dia as obras todas do Minha Casa, Minha Vida, e também, as obras do Pac, os empresários precisam ficar tranquilos que nisso estamos cuidando com muito zelo”.

O ministério das cidades, conta com a ajuda da Casa Civil, do Ministério da Fazenda e do presidente Lula, para que essas obras de fato andem, e tenham início, meio e fim.

FGTS futuro

O uso do FGTS Futuro na compra de imóveis é outra novidade do MCMC, com ele, a população com renda mensal de R$ 2.640,00 poderá contar com o recurso como entrada para a compra da casa própria. De acordo com o ministro, essa é a possibilidade que o trabalhador tem de usar o FGTS que ainda vai ser depositado na conta dele, isso também é levado em conta na hora de fazer o financiamento. “Então, são ações como essa que temos feito que o mercado tem respondido com bastante força”, finalizou.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.