Segunda, 02 de Agosto de 2021 22:07
(94) 992310757
Política SAIU!

Médicos retiram mais de 1 quilo de fezes de Bolsonaro

Presidente foi internado na madrugada de quarta-feira (14) e foi diagnisticado com uma obstrução intestinal.

15/07/2021 11h51
167
Por: Gesiel Teixeira Fonte: Com informações do portal da revista Fórum
Reprodução
Reprodução

Jair Bolsonaro segue internado com uma obstrução intestinal desde a madrugada de quarta-feira (14). O presidente foi diagnosticado com o problema, após reclamar durante a semana de dores abdominais e um soluço que durava há mais de dez dias.

O presidente dado entrada no Hospital das Forças Armadas (HFA) de Brasília na parte da madrugada e a expectativa, a princípio, era que ele passasse por exames e apenas ficasse em observação por 48 horas. A situação, no entanto, é mais delicada e Bolsonaro irá precisar ficar mais tempo.

As informações sobre o real estado de saúde de Bolsonaro são escassas, mas o cirurgião Antonio Luiz Macedo, médico de confiança de presidente (o mesmo que o tratou após o episódio com a facada), foi enviado a Brasília.

Foi após a chegada do profissional de saúde no HFA que a transferência de Bolsonaro a São Paulo foi confirmada. Na capital paulista, o presidente pode passar por uma cirurgia de emergência.

Informações apuradas pela revista Fórum dão conta de que, no HFA, Bolsonaro foi submetido a um procedimento com sonda nasogástrica em que foram retirados cerca de 1kg de conteúdo fecal. Isso porque a obstrução intestinal é um bloqueio total do cólon (intestino grosso) que impede a passagem do material fecal circulante daquela região.

O acúmulo de material fecal no intestino pode provocar sintomas como desconforto, dor, cólicas e soluços, sinais que Bolsonaro já vem apresentando há mais de uma semana.

Ao todo, Bolsonaro já passou por 7 procedimentos cirúrgicos na região do abdômen desde o episódio da facada, na campanha eleitoral de 2018.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.