Deputada Dulce Miranda, MDB do Tocantins

A Deputada Dulce Miranda (MDB) é acusada de ter pego dinheiro emprestado para pagar contas de campanha, porém, ainda não pagou, é o que alega uma pessoa que fez a denúncia e não quis ter o nome revelado.
O dinheiro foi pego por Dulce, por meio de depósito bancário, cujo valor não foi revelado e que o empréstimo foi feito por uma pessoa a qual não quis revelar o nome, dizendo apenas que se tratar de alguém que mora no estado do Pará.
Ainda segundo as informações, o recurso não teria sido prestado contas à Justiça Eleitoral, constituindo uso de caixa dois, o que pode levar à cassação da deputada, pois se trata de crime eleitoral.
Dulce é esposa do ex-governador do Tocantins, Marcelo Miranda, estado pelo qual cumpre o segundo mandado consecutivo como deputada federal.
Além do prejuízo financeiro, de acordo com o que foi revelado, há ainda os transtornos por conta das necessidades em razão do compromisso não ter sido cumprido no prazo estabelecido e que o caso está prestes a ser levado ao conhecimento da Polícia Federal.

https://www.xinguaraativa.com.br/wp-content/uploads/2020/02/Dulce-pl.jpghttps://www.xinguaraativa.com.br/wp-content/uploads/2020/02/Dulce-pl-150x150.jpgGesiel TeixeiraBrasilEleiçõesParáPolíciaPolíticaCAIXA 2,Deputada Dulce Miranda (MDB),TocantinsA Deputada Dulce Miranda (MDB) é acusada de ter pego dinheiro emprestado para pagar contas de campanha, porém, ainda não pagou, é o que alega uma pessoa que fez a denúncia e não quis ter o nome revelado. O dinheiro foi pego por Dulce, por meio de depósito bancário, cujo...Notícia com Responsabilidade e Transparência