Reprodução
 O líder da Guarda Revolucionária do Irã Qassem Soleimani e o comandante da milícia iraquiana Abu Mahdi al-Muhandis foram mortos na noite desta quinta-feira (2) em um ataque aéreo a seu comboio no aeroporto de Bagdá, disse um porta-voz da milícia iraquiana à agência de notícia Reuters.

“O inimigo americano e israelense é responsável por matar os mujahiden Abu Mahdi al-Muhandis e Qassem Soleimani”, disse Ahmed al-Assadi, porta-voz das Forças de Mobilização Popular do Iraque, que agrupa milícias apoiadas pelo Irã.

A morte tem um grande impacto geopolítico em um momento que cresce a tensão entre os EUA e o Irã, que se reflete no Iraque.

https://www.xinguaraativa.com.br/wp-content/uploads/2020/01/repr_00544517_0_.jpghttps://www.xinguaraativa.com.br/wp-content/uploads/2020/01/repr_00544517_0_-150x150.jpgGesiel TeixeiraMundoBombardeio ordenado por Trump mata chefe da Guarda Revolucionária do Irã O líder da Guarda Revolucionária do Irã Qassem Soleimani e o comandante da milícia iraquiana Abu Mahdi al-Muhandis foram mortos na noite desta quinta-feira (2) em um ataque aéreo a seu comboio no aeroporto de Bagdá, disse um porta-voz da milícia iraquiana à agência de notícia Reuters. 'O inimigo americano...Notícia com Responsabilidade e Transparência