ma série de medidas são tomadas regularmente pela Hydro para garantir a segurança das barragens de Paragominas, envolvendo uma equipe interna especializada e empresas de consultoria independentes. As estruturas são monitoradas por instrumentos como o piezômetro (que mede a pressão dentro dos barramentos), o marco superficial (que mede qualquer mínimo deslocamento superficial) e o inclinômetro (que detecta deslocamentos internos).

A mina possui equipes especializadas que realizam inspeções de rotina diariamente e semanalmente para avaliar a condição geral das barragens, cujos resultados são reportados, a cada 15 dias, à Agência Nacional de Mineração (ANM). Além disso, a cada seis meses, são emitidos o Relatório Regular de Inspeção de Segurança (RISR) e a Declaração de Condição de Estabilidade (DCE), que atestam a estabilidade das barragens. A mais recente Declaração de Condição de Estabilidade foi expedida em setembro de 2018. A próxima emissão será realizada até março de 2019, em conformidade com a legislação brasileira.

As inspeções realizadas pela Agência Nacional de Mineração em setembro e outubro de 2018 não encontraram irregularidades nas barragens da Mineração Paragominas. As auditorias ambientais da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Sustentabilidade do Pará (SEMAS) também atestaram a segurança da estrutura.

“A segurança é uma prioridade para nós. Dedicamos todos os esforços para operar de maneira segura, indo além do que determina a legislação, utilizando as melhores práticas de mercado e respeitando nossas equipes e as comunidades locais”, diz Carlos Neves, diretor de operações.

Equipe em rotina de inspeção nas barragens da Mineração Paragominas.
https://www.xinguaraativa.com.br/wp-content/uploads/2019/02/r32r232-14-02-2019-19-01-55.jpghttps://www.xinguaraativa.com.br/wp-content/uploads/2019/02/r32r232-14-02-2019-19-01-55-150x150.jpgGesiel TeixeiraAtualidadesDestaquesParáAuditorias atestam a estabilidade de barragens em Paragominasma série de medidas são tomadas regularmente pela Hydro para garantir a segurança das barragens de Paragominas, envolvendo uma equipe interna especializada e empresas de consultoria independentes. As estruturas são monitoradas por instrumentos como o piezômetro (que mede a pressão dentro dos barramentos), o marco superficial (que mede qualquer...Notícia com Responsabilidade e Transparência