Quase quatro mil podem perder benefícios do INSS no Estado (Foto: Ricardo Amanajás)
Em todo o Brasil, mais de 178 mil pessoas são esperadas pelo órgão para atualizar sua situação (Foto: Ricardo Amanajás)

Mais de 178 mil segurados do auxílio-doença e aposentados por invalidez têm até o dia 13 de agosto para agendar as perícias médicas de revisão dos benefícios. O edital com a lista das pessoas que ainda não fizeram a revisão e não foram localizadas foi publicado no Diário Oficial da União, na última sexta-feira (20).

De acordo com o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), o agendamento pode ser marcado pelo telefone 135. No Pará, quase quatro mil segurados foram convocados e correm o risco de ficar sem o benefício caso não se apresentem para a perícia. No Estado, foram chamados 1.108 beneficiários que recebem o auxílio-doença e 2.812 aposentados por invalidez, totalizando 3.920 pessoas.

LOCALIZAÇÃO

Segundo o ministro do Desenvolvimento Social, Alberto Beltrame, os beneficiários listados são aqueles que não foram localizados pelo INSS por meio de correspondência, por causa de uma mudança de endereço ou devido ao cadastro estar incompleto. Também estão na lista aqueles segurados que não agendaram a perícia no prazo determinado.

“O Ministério do Desenvolvimento Social tem uma grande preocupação de não causar qualquer injustiça em relação aos benefícios, sejam de aposentadoria por invalidez, ou por auxílio-doença. A intenção do edital é alertar as pessoas para que elas marquem a perícia e compareçam na data marcada”, explica.

De acordo com o edital, os beneficiários que não agendarem a perícia dentro do prazo de 20 dias corridos a partir de hoje terão o benefício suspenso. Participam do processo de revisão os beneficiários de auxílio-doença e aposentadoria por invalidez que há mais de dois anos não passam
por uma perícia médica.

CONSULTE A LISTA

A relação dos convocados está no site do Ministério.

FIQUE POR DENTRO

1.108 – É o número de beneficiários que recebem o auxílio-doença no Estado e que foram convocados pelo INSS.
2.812 – É o número de aposentados por invalidez que também foram chamados, totalizando 3.920 pessoas no Pará.
135 – É o número do telefone usado para fazer agendamento.

(Diário do Pará)

http://www.xinguaraativa.com.br/wp-content/uploads/2018/07/destaque-525446-dp20171003_ra_5518.jpghttp://www.xinguaraativa.com.br/wp-content/uploads/2018/07/destaque-525446-dp20171003_ra_5518-150x150.jpgGesiel TeixeiraAtualidadesDestaquesEconômiaGovernoParáQuase quatro mil podem perder benefícios do INSS no EstadoMais de 178 mil segurados do auxílio-doença e aposentados por invalidez têm até o dia 13 de agosto para agendar as perícias médicas de revisão dos benefícios. O edital com a lista das pessoas que ainda não fizeram a revisão e não foram localizadas foi publicado no Diário Oficial...Notícia com Responsabilidade e Transparência