REUTERS / Adriano Machado

A comissão de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e da Amazônia da Câmara Federal aprovou ontem, a proposta para realização de uma audiência pública para discutir os impactos da reforma da previdência nos municípios da região Norte. A reforma do sistema previdenciário nacional é um dos principais assuntos em pauta no País, cujo projeto foi apresentado pelo governo, a PEC 006/2019.

De acordo com o requerimento aprovado, nos últimos 20 anos o sistema de previdência nacional enfrenta dificuldades, decorrentes de diferentes fatores como: gestão, ineficácia das medidas para assegurar à sustentabilidade, o crescimento da inadimplência, inexistência de estudos atualizados sobre o nível de sonegação, baixo nível de recuperação da dívida ativa previdenciária e deficiências de contabilização do RGPS.

Para o deputado Eduardo Costa (PTB-PA), autor do requerimento, a reforma da previdência se faz necessária, bem como o debate sobre o tema. Ele defende que “as distorções existentes no sistema previdenciário nacional sejam dirimidas. Porém, o trabalhador assalariado ou do campo, por exemplo, não deve ter seus direitos reduzidos ou afetados”.

Segundo o parlamentar, os pontos da reforma apresentados pelo governo devem ser discutidos, tanto no Congresso Nacional, quanto na sociedade civil, de modo que todos estejam a par de como a reforma acontecerá e em quanto ela afetará a vida dos brasileiros. “Existem muitas discussões e negociações sobre a proposta apresentada e defendemos que ela seja feita de forma equânime e justa para todos”, afirmou Costa.

“A previdência social tem uma função social de redistribuição de renda muito importante que se reflete na economia dos municípios brasileiros, em especial na Região Norte, promovendo um impacto positivo na redução do nível de pobreza e é importante que saibamos o impacto da reforma para as cidades amazônicas, muitas das quais já em dificuldades financeiras”, completou o deputado.

Para o debate, cuja data será divulgada ainda essa semana, serão convidados o Ministro da Economia, Paulo Guedes; o Secretário Nacional da Previdência Social, Rogério Marinho, consultores de Orçamento da área da previdência da Câmara Federal; representante da Associação Nacional de Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil (ANFIP); o professor Paulo Penteado, da Escola de Administração da Universidade Federal da Bahia; e representante da organização Auditoria Cidadã da Dívida.

http://www.xinguaraativa.com.br/wp-content/uploads/2019/04/BRAZIL-SECURITY.jpghttp://www.xinguaraativa.com.br/wp-content/uploads/2019/04/BRAZIL-SECURITY-150x150.jpgGesiel TeixeiraBrasilPolíticaImpactos da reforma da previdência no Norte é debatida na CâmaraA comissão de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e da Amazônia da Câmara Federal aprovou ontem, a proposta para realização de uma audiência pública para discutir os impactos da reforma da previdência nos municípios da região Norte. A reforma do sistema previdenciário nacional é um dos principais assuntos em pauta...Notícia com Responsabilidade e Transparência