Governo do Pará vai treinar agentes municipais de segurança (Foto: Fernando Araújo/Diário do Pará)
(Foto: Fernando Araújo/Diário do Pará)

Com o objetivo de oferecer mais segurança para a população paraense, os agentes de segurança municipais devem atuar em conjunto com os do Estado. Para que a integração ocorra, o governador Helder Barbalho pretende fortalecer as guardas municipais e agentes de trânsito dos municípios que já existem dando melhores condições estruturais.

Atualmente, cerca de 5.500 guardas municipais e 2 mil agentes de trânsito municipais atuam em 31 cidades do território paraense. “É fundamental ampliar o número de agentes de segurança pública que estejam qualificados e preparados para prover a sociedade de paz. A sociedade clama por mais segurança. E a nossa intenção é que possamos unir esforços. Com isso estar mais presente e, acima de tudo, estruturados para pacificar os ambientes e trazer tranquilidade para a sociedade”, afirma Helder.

O anúncio foi feito na tarde de ontem (17), durante encontro entre o sistema de segurança do Pará e agentes de segurança municipais, promovido pelo Governo do Estado e realizado no auditório da Delegacia Geral, em Belém. O evento contou com a presença de representantes de pelo menos 25 cidades do Estado.

Além de aumentar o efetivo, o objetivo da integração é dar melhores condições de trabalho aos agentes com uma padronização de comportamento e funcional pois, para o governador, “não é possível que uma guarda municipal em um município tenha uma qualidade, em outro seja diferente”. A ideia é que a população enxergue o guarda da mesma forma que o policial militar: um agente de segurança.

INVESTIMENTOS

Segundo o governador, a parceria também visa a criação de outros mecanismos como investimentos do Governo para as prefeituras com qualificação aos agentes, a ampliação dos efetivos onde já existem guardas e a possibilidade de implantar nos municípios onde ainda não contam com órgãos de segurança municipal. “Estamos estudando a possibilidade de darmos benefícios fiscais para as cidades que compreenderem a necessidade da agenda da segurança estratégica e que essa agenda de pacificação seja de responsabilidade do governo federal, do estado e também municipal”, diz Helder Barbalho. “Só podemos fazer com que esses agentes sejam protagonistas numa relação horizontal se tivermos um padrão a seguir. Sei que há resistências, mas só conseguiremos garantir a segurança para a sociedade paraense se tiver o apoio e parceria dos guardas municipais do nosso Estado”, reitera.

Para o secretário de Segurança Pública Uálame Machado, as guardas são de suma importância. “As guardas também têm contato estreito com a população, podem fiscalizar e nos ajudar no policiamento além de fazer a guarda de patrimônios”, destaca. Ainda segundo Uálame, é preciso uma estrutura que o novo Governo está disposto a oferecer. “Não é possível que uma guarda tenha colete, armamento em um município e em outro não tenha. Vamos tentar fazer com que haja um padrão de qualidade, com equipamentos mínimos e que possam nos auxiliar no combate à criminalidade”, reforça.

(Michelle Daniel/Diário do Pará)

http://www.xinguaraativa.com.br/wp-content/uploads/2019/01/destaque-569630-seguranca.jpghttp://www.xinguaraativa.com.br/wp-content/uploads/2019/01/destaque-569630-seguranca-150x150.jpgGesiel TeixeiraDestaquesGovernoParáGoverno do Pará vai treinar agentes municipais de segurançaCom o objetivo de oferecer mais segurança para a população paraense, os agentes de segurança municipais devem atuar em conjunto com os do Estado. Para que a integração ocorra, o governador Helder Barbalho pretende fortalecer as guardas municipais e agentes de trânsito dos municípios que já existem dando melhores...Notícia com Responsabilidade e Transparência