Júlio Croda, diretor do Departamento de Imunização e Doenças Transmissíveis do Ministério da Saúde, deixou o cargo nesta quarta-feira (25). Um dos principais motivos são as divergências internas existentes na equipe.

De férias até o começo de abril, Croda não retornará ao trabalho. Inclusive, ele teria sido incentivado a se afastar inicialmente.para que os ânimos ficassem amenos, em decorrência dos “ruídos” internos.

Ele e Wanderson de Oliveira, secretário de Vigilância em Saúde do Ministério, discordam em muitos aspectos quanto ao assunto coronavírus.

 Croda marcou presença em algumas coletivas relacionadas ao tema, ao lado de Wanderson e do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta.

http://www.xinguaraativa.com.br/wp-content/uploads/2020/03/wdol_210120_abr_5762_0_00579861_0_.jpghttp://www.xinguaraativa.com.br/wp-content/uploads/2020/03/wdol_210120_abr_5762_0_00579861_0_-150x150.jpgGesiel TeixeiraBrasilGovernoSaúdeDiretor do Ministério da Saúde deixa o cargo após divergênciasJúlio Croda, diretor do Departamento de Imunização e Doenças Transmissíveis do Ministério da Saúde, deixou o cargo nesta quarta-feira (25). Um dos principais motivos são as divergências internas existentes na equipe. De férias até o começo de abril, Croda não retornará ao trabalho. Inclusive, ele teria sido incentivado a se...Notícia com Responsabilidade e Transparência